Thursday, May 19, 2011

Mas eu sou representante exclusivo dessa marca de helicóptero no Brasil! I am sorry…mas a fábrica americana não te reconhece como nada…

No dia 2 de maio passado, publicamos nesse blog uma matéria que para variar deu uma certa polêmica. Não podemos negar, já estamos acostumados a isso!

Mencionamos que vários empresários no Brasil se apresentam como empresários nos Estados Unidos; quando na verdade não são, nunca foram, e pela postura nunca serão! Vale a pena ler a matéria logo abaixo.

Invertendo o mercado, curioso que nós Moriah International, Inc, representante exclusivo para todo o Brasil do helicóptero Rotorway A600 Talon fabricado pela Rotorway International, estamos enfrentando problemas parecidos só que no Brasil. Wow!

Tem chegado aos nossos ouvidos que tem gente, grupo empresarial, grupo de investidor…seja lá como você queira chamar, em algumas regiões se apresentando como representante exclusivo da marca para todo o Brasil, inclusive tentando assinar contrato no nome da Moriah International e/ou nome da Rotorway! É dito que quando você é copiado e/ou imitado, ou até mesmo muito criticado é porque você é sucesso.

Podemos afirmar que nos causou e causa bastante constrangimento. Estamos analisando e nos certificando onde é o foco, onde é o ponto zero dessa manobra, e tomaremos as medidas legais cabíveis quando tivermos a certeza.

Inclusive já estamos analisando a possibilidade de uma carta-aberta ao mercado brasileiro, uma vez que blog nem todos acessam. São decisões difíceis, mas não podemos negar, uma experiência nova para nós.

Temos sido contatados porque a postura de quem tem se apresentado colidi com a nossa filosofia de trabalho, empresarial, comercial e moral; que é bem explícita e documentada nos nosso blogs, seminários, entrevistas e emails trocados com o mercado ao longo dos anos.

Mas porque estamos escrevendo sobre esse tópico?

Porque também já escutamos várias vezes sobre essa postura enganosa ao longo desses anos, só que agora aconteceu conosco devido a relevância da marca Rotorway no mundo e do potencial do mercado de helicóptero no Brasil.

Na próxima vez que você estiver negociando com alguém que se apresentar como representante exclusivo de qualquer marca, seja americana ou não, com todos os direitos e poderes, abra o olho! Se teu sexto sentido falar alto, te incomodar, não avance! Faça como os que nos ligaram e confira de perto!

De um modo geral como qualquer contrato padrão de representação, e é assim no mundo todo, a pessoa do representante sempre terá uma autonomia limitada pela representada. A maioria dos contratos nem uso de marca autorizam quanto mais grandes decisões.

No tocante a nomear outro representante, buscar investimentos, decisões de grande escopo que envolvem mudanças radicais na marca no mercado onde atua, nunca vimos nesses 20 anos negociando e analisando contratos de representação e/ou distribuição dos mais diversos, uma cláusula dando plenos poderes aos representantes. Se você acredita em Papail Noel…é outra história.

Faça seu dever de casa. Pergunte bastante, Faça uma busca no Google, confira no mercado, ligue para a fábrica e se certifique de que a pessoa que você está negociando não é um impostor…ou em outras palavras, podemos chamar de estelionatário?

Monday, May 16, 2011

Ainda é um bom negócio comprar imóvel nos USA?

Apesar de tudo que a imprensa brasileira e mundial diz acontecer e estar para acontecer de bom na economia brasileira, é impressionante como ainda tem brasileiros vindo para os Estados Unidos comprar imóvel. E o pior, a maioria despreparado, empolgado e mal assessorado. Sorry, é a realidade...

Que existem profissionais qualificadíssimo para te assessorar, com certeza! Mas quem tem que saber é você. Afinal, se você consegue comprar um imóvel nos States, acreditamos ser inteligente e experiente suficiente para ter essa reserva financeira, caso contrário você não se permitiria esse luxo de adquirir uma propiedade no exterior como investimento.

Uma das perguntas mais frequentes que ainda nos fazem é a seguinte: ainda é bom negócio comprar imóvel na América?

Tudo depende porque, para que e onde você pensa em comprar. Lendo sobre essa enchente de proporção quase que bíblica que atingirá vários cidades nos estados de Mississipi, Louisiana e Tennessee, e ficamos nos perguntando como ficarão aqueles que compraram imóvel para investimento só porque estava “barato”. 

Muitos compram imóvel para investimento, mas não consideram os problemas que vem junto com qualquer negócio. Problemas de manutenção, problemas com inquilino que não pagam e também não saem do imóvel propositadamente porque sabem que podem ganhar meses ou até mesmo anos sem pagar mortgage com as brechas na legislação que hoje acontece. Mas como é isso? Pergunte ao assessor!

Fora os problemas de seguro e condomínios, quando o imóvel pretence a uma associação, imposto de renda na venda do imóvel que está pesando para o estrangeiro que é investidor e por final mas não quer dizer menos importante, a lei de hereditariedade.

Pesquisando e lendo sobre o assunto, estamos chegando a conclusão que quando se fala em investimento em propriedades, uma das melhores opções é o terreno.

Você não tem problema de enchentes, furacão, tornado, terremoto, inquilino e seguro! Você pode até ganhar menos, mas também investe e arrisca menos! E dependendo do homework que você faça junto aos departamentos estaduais específicos, sua lucratividade pode te surpreender. Pense nisso!

Monday, May 2, 2011

Mas eu tenho uma empresa em Miami! I am sorry Sir…mas o Estado da Flórida não lhe reconhece como empresário!

Woops!...hoje com essa proximidade do Brasil com os Estados Unidos, é comum o empresário brasileiro abrir uma empresa aqui para atender suas necessidades. Que muitos fabricantes/empresários brasileiros possuem negócios aqui é uma realidade.

Acontece que muitos “grandes empresários/fabricantes” não tem nada e tiram uma tremenda onda no Brasil. 

Como sabemos disso? Porque recentemente tem chegado nas nossas mãos com uma certa frequência situações onde, quando vamos conferir o cadastro do empresário no cadastro oficial da Flórida, ele simplesmente não existe! Wow!

Se você deparar com algum empresário que não lhe convence, você mesmo pode fazer o seu dever de casa consultando http://www.sunbiz.org/ , que é o website oficial do Estado da Flórida.

Do lado esquerdo vc tem popular link. Clicar search our records. Vc vai de do lado esquerdo Corporation, Trademark no título. No subtítulo vc encontra inquire by name (nome da corporação) ou inquire by officer/registered  agent (nome do agente e/ou sócio).

Vc clicando ou no by name e escrevendo o nome da corporação que o indivíduo propaga ou no by officer e escrevendo o sobre nome do indivíduo, porque a busca é pelo sobrenome, você na hora irá saber a verdade. Você poderá confirmar se:

  • A empresa americana existe ou não.
  • Se existe, saberá o status dela no filing info: inactive (inativa) or active (ativa)
  • Se empresa não foi renovada como mostra no Report Year Filed Date. A licença de manter a empresa aberta não foi renovada, vale a pena uma investigação. Porque fechou...fechou porque?
Esse tipo de serviço praticamente está disponível na maioria dos estados americanos, basta você buscar para saber.

Outra coisa, sempre que quiser saber se o indivíduo ou a empresa é aquilo tudo que ele diz que é...principalmente nos Estados Unidos, uma busca no Google.com não .br, é obrigatória. Se bem que uma busca no Google.com.br já vale e muito! Como se diz aqui, se você não está no Google, você não existe! Também como a vida nos ensina, nem tudo que reluz é ouro!