Saturday, January 17, 2015

Quero voltar para o Brasil. Como faço?

Com a virada do ano, a maioria faz um plano de vida. Para o brasileiro que está aqui nos Estados Unidos, a cultura ensina a fazer o chamado resolution, que são as metas que você quer alcançar no ano.

Curiosamente aqueles que viram a data de 31 de dezembro e pensam em voltar para o Brasil, consideram voltar antes do Carnaval e desfrutar daquilo que dizem sentir saudades...família, verão, praia, samba, botequim e de novo Carnaval. Será mesmo? 

Você pode acreditar que muitos que pensam em voltar, carregando o sentimento de derrota juntando com a distração e emoção da viagem de volta, esquecem de fazer um planejamento. Ou seja, o que já estava ruim, piora!

Preocupado com a repatriação dos brasileiros que depois de sofrerem aqui fora, juntar o suado dólar quando juntam, e perdem tudo ou quase tudo logo na chegada porque não tem mais o tato com a cultura brasileira, o Ministério das Relações Exteriores com o apoio de outros órgão governamentais como CEF, Ministério do Trabalho, SEBRAE, e a Receita Federal desenvolveram o Portal do Retorno, onde o brasileiro que está voltando encontra as informações básicas para se posicionar no “retorno” ao Brasil.

Se você que lê esse blog pensa em voltar ou conhece alguém que está pensando em voltar, pode acreditar que o voltar para o Brasil depois de um tempo morando nos Estados Unidos, é igual ou mais difícil do que imigrar para cá.

Apesar desse blogger hoje já ser cidadão americano, quando a história dele começou em 1984, ele veio e voltou para o Brasil duas vezes antes de se estabelecer direto em 1991. Saiba você que voltar, nunca foi, é e será fácil, basta perguntar quem já passou por essa experiência.

Se esse alguém que está nessa situação e não tem a mínima noção por onde começar, não deixe de visitar o site http://www.portalconsular.mre.gov.br/retorno-ao-brasil/retorno-ao-brasil

Saturday, January 10, 2015

Sou investidor e quero ir para os Estados Unidos!

Você é investidor mesmo? Quanto você quer investir? Qual o R.O.I. que você espera? Caso não saiba o que é R.O.I., return of investment, ou melhor retorno do investimento... ou melhor ainda, qual o percentual que você espera ter? 

Quer investir por quanto tempo? Qual o plano de saída? Como você vai trazer o capital para ser investido? Quando? Quer investir em que? Você vai fazer algum will?

Se você ficou sem saber responder com precisão alguma das perguntas, saiba você que não está sózinho nesse grupo de brasileiros que chegam aqui se dizendo “investidor”, com toda pompa e pose e não tem a mínima idéia do que estão falando. Se você acha que esse blogger está exagerando, você nunca viu os “investidores” brasileiros chegando em Miami.

Pior do que não saber responder perguntas básicas como as supra citadas, a maioria se recusa a contratar uma consultoria especializada seja comercial, contábil e/ou jurídica. 

Trazendo na bagagem a síndrome de Gabriela, eu nasci assim e cresci assim, acabam sendo parte de uma triste estatística.

Alguns mais entusiasmados se arriscam no mercado de capital fora outras formas de investimentos não muito familiar para os brasileiros que operam aqui, sem saber quem são os consultores financeiros, os brokers ou as até mesmo as empresas com quem eles irão negociar.

Se você escutou falar no Bernard Madoff ou viu o filme o Lobo de Wall Street com Leonardo Di Caprio, não é difícil imaginar que existe e muitas falhas no mercado, e que esse blogger não está exagerando. E como sempre, quem paga é o “investidor”. 

Para dar um pouco mais de tranquilidade ao investidor, seja ele americano ou brasileiro, o FINRA – Financial Industry Regulatory Authority inaugurou um website gratuito que dá acesso aos interessados em saber quem é quem na indústria.


Checando o website www.finra.org ,você clicando no topo a direita no botão azul BROKER CHECK terá a chance de acessar um database com mais de 1 milhão de cadastrados do segmento.

Finalizando, como a vovó nos ensinou, canja e precaução não faz mal a ninguém. Não é porque está na web é confiável. Faça o seu dever de casa e boa sorte!