Thursday, August 14, 2014

Devo não nego, pago se puder....nos Estados Unidos?

Opa, como é isso? Não é devo não nego e pago quando puder? Pode ser mas aqui na América não é muito assim. 

Aqui muita gente inclusive grandes empresas e empresários “famosos” e “celebridades” fazem a opção de não querer pagar por não querer pagar, aproveitando assim certas facilidades da legislação americana.

No final de Julho, o país levou um susto quando foi noticiado pelo Urban Institute, que 35% da população dos Estados Unidos, está nas mãos dos cobradores; ou seja, estão com as contas atrasadas e estão nas mãos dos cobradores de débitos, ou debtor collectors.

O mesmo relatório diz que a maioria se concentra no sul dos Estados Unidos e no oeste como Las Vegas, onde quase 50% da população da cidade está nas mãos desses cobradores. Podemos então concluir que nem tudo que acontece em Las Vegas, fica em Las Vegas.

Mas aí você pergunta, o que tenho eu haver com isso se nem imigrante eu sou? Você tem mais haver do que você imagina. Se você pelo menos está lendo essa matéria acreditamos que tem interesses com esse país. E se você negocia com seu amigo de infância que tem uma trading aqui, mais ainda!

Repare no parágrafo acima. É citado que a massa está no sul e no oeste. Coincidência ou não é onde está a força da imigração que não fala inglês. Isto posto, a ignorância financeira é assustadora. Esses imigrantes mal informados se encantam com o canto da sereia, assumindo compromissos relevantes sem nenhuma base, sendo os mesmos abusados pelos vendedores de maneira impiedosas. Se você acompanhou a crise imobiliária americana, você pode confirmar essa informação.

Se um dia você pensar em imigrar para cá, seja Miami, Orlando, NY ou qualquer outra cidade, siga nosso conselho e faça o seu dever de casa. Um erro seu na chegada que arranhe ou comprometa seu crédito, pode tornar a sua vida muito mas muito mais cara do que você imagina durante anos. Acreditamos que a maioria que lê esse blog não tem idéia de como fica mais cara.

Nosso conselho é entrar devagar, aprender o sistema lendo de tudo que hoje excelentes sites governamentais proporcionam, e claro, consultar amigos que merecem ser consultados. De imigrante aventureiro e irresponsável esse país está cheio. E faça o possível para ficar sempre dentro dos 65%, que já é uma grande coisa.

Voltando a esse percentual dos 35%. O teu nome só vai para o debt collector depois de 90 dias de atraso. Então esse blogger pergunta: quantos americanos estão com as contas atrasadas 30 dias? 60 dias? 90 dias? Se bobear, quase 50% ou mais estão comprometidos.

Concluo que é muito fácil cairmos nas garras do consumismo americano. Caso você não saiba, para finalizar, o comprador compulsivo aqui tem tratamento que nem de drogas, álcool, e é tido como doença!