Tuesday, September 17, 2013

Balança comercial da Flórida apresenta crescimento no primeiro semestre

A balança comercial da Flórida apresentou um crescimento de 1.2% no primeiro semestre desse ano, alcançando um total de US$ 60.4 bilhões de dólares. 

Em comparação com o mesmo período do ano passado, as exportações tiveram um queda para US$ 34.3 bilhões de dólares e as importações um aumento para US$ 26.1 bilhões de dólares.

O Sul da Flórida é a única região em todos os Estados Unidos que tem mantido o ritmo de exportação melhor do que o de importação. E como sempre, o Brasil tem uma grande representatividade como o maior parceiro comercial.

Monday, September 16, 2013

Palestra sobre o programa de financiamento do Ex-Im Bank movimenta o famoso café-da-manhã do BMA – Brazilian Marketing Annex


Semana passada o BMA-Brazilian Marketing Annex que é o grupo empresarial da Câmara de Comércio do Doral, teve casa cheia com a presença de Luis Castillo, presidente da Global Trade and Financing. 

Castillo falou para um público entusiasmado sobre os novos produtos de financiamento do Ex-Im Bank, Export-Import Bank of the United States, que é o banco do governo americano que ajuda o exportador ou importador de produtos americanos a financiar a operação com um dos juros mais competitivos do mercado internacional.

Castillo que é um Broker registrado do Exim, disse que para o importador brasileiro ter uma idéia, o custo médio de financiamento de uma operação junto ao Ex-Im Bank varia de 6 à 8% ao ano, tudo incluído, juros e seguro. Em um valor maior, já na casa de milhões de dólares, o custo abaixará e o prazo será dilatado. 

Seja você importador de helicóptero, avião ou qualquer outro produto fabricado nos Estados Unidos ou que tenha mais de 51% de composição fabricada em território americano, esse programa agressivo de financiamento é a melhor maneira de se importar dos Estados Unidos.

Lamentavelmente a maioria dos importadores brasileiros não qualificam para esse maravilhoso programa, porque simplesmente não possuem balanços empresariais ou declaração de imposto de renda auditadas. Maiores informações, você leitor pode consultar no www.exim.gov

Wednesday, September 11, 2013

Investir ou não em imóveis nos Estados Unidos? Eis a questão!

Que investir no mercado imobiliário é uma tentação para tentar assegurar o seu dinheiro nessa loucura econômica, ninguém discute. Mas é a melhor solução de investimento nos Estados Unidos, principalmente no Sul da Flórida?

Na nossa opinião, não sabemos. Na nossa opinião, tudo depende do que você quer e das suas expectativas de retorno.

É sabido que no Condado de Miami-Dade, tão conhecido dos brasileiros que querem fazer investimento imobiliários na Flórida, as chamadas mortgages, hipotecas, estão enfrentando sérios problemas, ou como se diz no jargão do mercado, estão embaixo d’água.  O imóvel é considerado “embaixo d’água” quando o dono deve 25% ou mais no financiamento do que que vale o imóvel no mercado. Muitos estão vendo o sonho americano espremido!

Segundo estudos publicado pelo Realty Trac, empresa que rastreia o mercado de foreclosure e leilão imobiliário nos Estados Unidos, 41% dos imóveis no Condado de Miami-Dade enfrentam problemas nos financiamentos.  Na esfera estadual, 40% e na esfera nacional, 23% estão comprometidos.

Como curiosidade, o Zillow que é um site de database de imóveis onde inclusive você por ver o valor de mercado do imóvel que pretende comprar, mediante endereço e zip code, também rastreia o mercado de 30 áreas metropolitanas americanas, incluso Orlando, onde diz que a cidade também querida dos brasileiros, ocupou a terceira posição no ranking imóveis “embaixo d’água” atrás de Las Vegas e Atlanta, com quase 40%.

O site Zillow diz ainda, o que para quem acompanha a economia não é novidade, levará anos para essas milhões de residências equipararem o valor de financiamento com o valor de mercado, ou seja, construir o chamado “equity”.

Você já pensou em investir em Detroit? Isso mesmo, a cidade pediu falência. Como anunciado, tem banco vendendo imóveis de US$ 5 milhões de dólares por US$ 500 mil! Aí você pergunta, vale a pena? É a melhor solução de investimento imobiliário no momento?

Na nossa opinião, não sabemos. Na nossa opinião, tudo depende do que você quer e das suas expectativas de retorno...e o que você quer com esse páis chamado Estados Unidos.