Saturday, December 9, 2017

40 videos. 26 anos. Canal de Consultoria e Negócios nos Estados Unidos

Carregando uma experiência de quem faz negócio entre Brasil e Estados Unidos nos dois sentidos, tanto exportando como importando, desde 1991, o Canal de Consultoria e Negócios no You Tube apresentado por esse blogger, Richard Sanchez, chega ao final do ano com 40 vídeos nas categorias que esse consultor acredita serem de suma importância para todo e qualquer empresário brasileiro que sonha em negociar com os Estados Unidos, sejam exportando, importando, investindo ou até mesmo mudando com a família. 

Como são muitos assuntos, ainda não chegou a vez dos vídeos sobre imóveis. 

Aos interessados no tema, também escrito por esse blogger, é só clicar no link. http://www.compradeimovelemmiamiflorida.blogspot.com

Para ver qualquer vídeo, é só clicar no título. Não conseguindo ou não aparecendo o hyperlink, seguir instrução no final do post. 




Abertura de empresa em Miami ou nos EUA





Provérbios 22:29 e você nos EUA.
Qual a importância do networking nos EUA?




Legislação


Marketing, Distribuicão e Logística


Moriah International, Inc - Vídeos Institucionais

Consultoria e Negócios nos Estados Unidos.
Consultoria e Negócios nos EUA. Video promocional da Moriah International, Inc






Por que Doral? Miami-Dade ? Flórida?
Por que a Cidade do Doral na Flórida?
Por que o Condado de Miami-Dade?

Clicando no link http://www.tinyurl.com/RWSYT você será direcionado na página do You Tube e todos os vídeos acima  estarão categorizados por assuntos como demonstrado.

Não esqueça de curtir e compartilhar o canal do You Tube ou essa página com todos aqueles que sonham com os Estados Unidos.

Muito obrigado à você que tem nos acompanhado nesse blog através dos anos, uma vez que estamos ativos desde 2009 com quase 300 posts e mais recentemente no You Tube que estamos comemorando 40 vídeos com muito conteúdo. 

Wednesday, December 6, 2017

Cúmplice. A palavra do ano de 2017 nos Estados Unidos

O website americano www.dictionary.com que eu visito com bastante frequência apesar do meu bom vocabulário em inglês, elegeu a palavra COMPLICIT ou CÚMPLICE em português, como a palavra do ano de 2017.

O DICIO – Dicionário on Line de Português define CÚMPLICE da seguinte maneira.

Substantivo masculino  e feminino. Comparsa; pessoa que participa ou contribui de alguma forma para a realização de um crime ou de uma ação ilegal.

Como todos os escandâlos que aconteceram em Washington dentre outras esferas políticas,  empresariais e Hollywoodiana com os assédios sexuais, não é difícil entender porque a palavra CÚMPLICE foi eleita.

E como a vida nos ensina, nenhum desses grandes escandâlos, um só age. Seja na esfera que for, sempre alguém sabia e por motivos diversos, os interessados fecham os olhos.

O Google hoje norteia esse processo de interesse em alguma palavra mediante a busca.

No caso, em março teve um aumento de 10.000% devido a atriz Scarllet Johansson em um programa humorístico de televisão imitando a Ivanka Trump com um perfume chamado COMPLICIT ou CÚMPLICE.

Mas em abril quando a própria Ivanka Trump em uma entrevista na CBS, se defendia de uma acusação contra ela, quando o repórter a acusava de ser  cúmplice junto com o marido, em algumas ações do pai, o Presidente Donaldo Trump, a busca aumentou quase 11.000%

O curioso é que todos nós, inclusive esse blogger, de uma maneira ou outra somos cúmplices de alguma coisa, se pegarmos todas as variações do significado da palavra.

Não tem como falar diferente. Tem um significado muitíssimo forte que até a presente data não tinha pensado no assunto.

Consulte você mesmo a palavra cúmplice e tire suas conclusões. 

Sunday, November 19, 2017

Elon Musk lança o Tesla Roadster 2020


Que os Estados Unidos e o mundo estão acostumados a ver fila e euforia no lançamento de um Iphone, já é sabido.

Mas euforia por causa de um carro? 

Se você não acredita, é porque você não acompanha o que está acontecendo na comunidade de entusiastas TESLA.

Ou então você não acredita que o carro autonômo chegou de vez, não tem mais volta e a TESLA é a marca. Ponto final.

Semana passada Elon Musk, o sul-africano de nascença e visionário CEO da TESLA lançou o cobiçado Roadster 2020, conforme foto da NBC acima.

Com toda produção visual possível e imaginável, que um evento dessa natureza precisa, a cobertura da imprensa mundial foi maciça, e como não poderia deixar de ser, muita euforia dos entusiastas.

Dentre várias especificações de recordes, o carro vai de 0 à 60 milhas por hora (96.56 Km/h) em 1.9 segundos, nenhum outro carro tem essa aceleração.

De 0 à 100 milhas por hora (160.93 Km/h) em 4.2 segundos, tem uma autonomia de 620 milhas (998 Km) sem recarregar, alcança uma velocidade de mais de 250 milhas por hora (402.33 Km/h), tem um preço de mais de US$ 200 mil dólares, e o primeiro lote que foi chamado de Founder Series que custou US$ 250 mil dólares, foi esgotado em horas.

Veja vídeo do lançamento do Roadster na Califórnia no dia 16 de novembro publicado pelo Ran Future. Ainda no fundo, você poderá também ver o TESLA Semi, que é o caminhão.




Wednesday, November 15, 2017

Visto EB-5. É a melhor opção de visto para quem tem dinheiro?

                                    
Na nossa opinião é um BIG YES! 

Você é empresário. Você tem dinheiro. Você está cansado do que acontece no Brasil e quer mudar com a família para os Estados Unidos.

Você escuta mil histórias de fracasso de brasileiros que vieram para cá, perderam tudo e não conseguiram o cobiçado green card.

Você ecuta amigos que vieram para Miami, Orlando ou qualquer outra cidade da Flórida, Texas, Califórnia, enfim, qualquer outra cidade americana quando não perderam tudo, dilapidaram praticamente todas as economias abrindo empresas e buscando da mesma maneira, o green card.

Quando conseguem o green card, o dinheiro se foi!

O que fazer, pergunta você?

Nesse vídeo explicativo, esse blogger da sua opinião porque o visto de imigração chamado EB-5, é a melhor opção para o brasileiro que tem dinheiro.

E como a explicação é matemática, aprendemos que números não mentem.

Veja vídeo e tire suas conclusões.






Friday, November 10, 2017

Melancia: custou US$ 7.5 milhões de dólares. Como foi isso?

Um homem no Alabama processou e até agora ganhou US$ 7.5 milhões de dólares do WalMart, quando tropeçou em um pallet de melancia, para pegar uma outra melancia. Falando sério!...

Até onde foi noticiado na imprensa, o homem se machucou e não podemos dizer a extensão da lesão.

Seja negligência do homem ou não, seja armação ou não, o fato é que ele foi agraciado com US$ 7.5 milhões de dólares.

Mas aí você pergunta: o que tenho eu com esse absurdo?

Bem, se você não for exportador ou não pensar em exportar para os Estados Unidos, nada! Mas se você exporta ou considera exportar, o seguro de responsabilidade civil, o que  chamamos de liabiliy, é fundamental para seu sucesso e aceitação no mercado.

Decidimos colocar esse post porque muitos brasileiro vem ao nosso escritório, e acham que estamos exagerando. Esse caso, é só 1!

Não queremos dizer que o fornecedor da melancia será processado ou o fabricante do pallet será processado mas queremos mostrar o quanto é comum esse tipo de processo nesse país.

Por razões inaceitáveis, por valores mais ainda inaceitáveis, fortunas são pagas todos os dias em um sistema judiciário falho. Quando justifica, até endemos mesmo assim, muitas das vezes paga-se um valor de loteria as vítimas. Mas uma grande maioria das indenizações super milionárias, mancha o sistema judiciário americano.

E se você exportador, acha que só porque está no Brasil, não será atingido...esqueça! Qualquer problema dessa ordem, tenha certeza que antes de você acabar de ler esse email, te localizarão onde você estiver no Brasil. Claro que quem está aqui é atingido primeiro e mais fácil mas dependendo do caso, todos envolvidos na cadeia produtiva, no popular, “dançam!”.

Isto posto, você querendo exportar para os States, siga nosso conselho: faça um seguro.

Quanto ao WalMart, seguirá os mesmos  procedimentos de segurança,  informou que continuará usando o mesmo pallet, e claro, irá disputar na justiça esse valor, uma vez que a culpa foi do cliente.

Sunday, November 5, 2017

Estamos em novembro. Que horas são nos Estados Unidos?

Começou hoje,  dia 5 de novembro, às 2 da manhã, concorde você ou não com essa política de mudança de horário, o novo horário nos Estados Unidos: o relógio voltou 1 hora e fica assim até dia 11 de março de 2018, quando começa o horário de verão.

A costa leste americana ficará 3 horas atrás de Brasília, e cabe você checar o fuso horário dos outros estados americanos, caso você tenha parentes, amigos ou faz negócios com os Estados Unidos, uma vez que aqui nós temos 4 fusos horários.

Polêmico como sempre é aqui e no Brasil sobre essa mudança de horário, se justifica ou não, o mundo inteiro irá seguir essa mudança.

Aos brasileiros que estão em contato direto com os Estados Unidos, seja qual for a capacidade, pedimos o obséquio de atentar a esse detalhe do para não  acordar principalmente os da costa oeste que estarão 6 horas atrás!

Wednesday, November 1, 2017

Varejista americano e mundial se preparam para a feira NRF2018 em Nova York


Apesar da nossa matéria anterior sobre o cuidado que um novo varejista tem que ter quando pensar em abrir uma loja nos Estados Unidos, se você considera em abrir lojas ou aqui ou no Brasil, a visita feira NRF 2018, National Retail Federation 2018 é parada obrigarória. 

No tradicional centro de convenção Jacob K. Javits em Nova York, no mês de janeiro dos dias 14 à 16 de 2018, os organizadores esperam 35.000 visitantes, de 95 países, representado por 18.000 lojistas.

Se você é brasileiro, quer ver tendência, buscar oportunidades e fazer networking, mais de 600 expositores dos mais diversos segmentos que compõe a indústria varejista, estarão disponíveis à todos os interessados.

Se você que está lendo essa matéria, acha estranho nos referimos a palavra indústria para nos referirmos ao mercado, saiba você que para os padrões americanos comerciais, existe uma brutal diferença entre a indústria e mercado.

Aprendemos aqui que mercado é o que você vê quando sai na rua. Indústria, é tudo aquilo que você não vê, e só os pesquisadores, consultores, os que atuam com muita dedicação no mercado sabem.

Quando você entende a indústria, você entende o mercado. Mas a recíproca, não é verdadeira.

Maiores informações, você pode acessar o site oficial  https://nrfbigshow.nrf.com . 

Os interessados brasileiros que se interessarem em assessoria para esse ou outro evento, favor nos contatar no site Moriah Innternational Inc