Friday, February 9, 2018

O que Miami, Atlanta, San Francisco, Nova York e Los Angeles tem, que São Paulo tem?

Se você demorou para responder, vamos ajudar te ajudar: trânsito!

Para você que acredita que tudo funciona e roda direitinho nos Estados Unidos, podemos garantir à você que não.

Sendo esse país que vive em cima da cultura do automóvel, na mais recente pesquisa realizada pela empresa INRIX, das 15 piores cidades do mundo para dirigir, os Estados Unidos contribuem com 5 cidades e a Rússia também Já o Brasil como não poderia ficar de fora, contribui com São Paulo na quarta posição.


No Global Traffic Scorecard publicado plea INRIX, o ranking é bem interessante.

  1. Los Angeles, Califórnia.
  2. Moscou, Rússia
  3. Nova York, NY
  4. São Paulo, Brasil
  5. São Franciso, Califórnia
  6. Bogotá, Colômbia
  7. Londres, Inglaterra
  8. Magnitogorsk, Rússia
  9. Yurga, Rússia
  10. Atlanta, Geógia
  11. Aerodromnyy, Rússia 
  12. Paris, França
  13. Caracas, Venezuela
  14. Miami, Flórida
  15. Kansk, Rússia
O Condado de Miami-Dade no Sul da Flórida tem uns dados muitíssimo interessantes mas desanimadores.

Miami é a décima-quarta cidade com o pior trânsito no mundo de 1.360 cidades pesquisadas.

Miami tem o quinto pior trânsito das 319 cidades pesquisadas na América do Norte.

Miami tem o quinto pior trânsito dos Estados Unidos das 297 cidades pesquisadas.

Isto posto, uma vez que esse estudo diz que o motorista em Miami que é ativo gasta no mínimo 64 horas (indo direto e voltando direto para o trabalho!) no ano "trancado em um engarrafamento e no para e anda, na próxima vez que voê vier a Miami...usando WASE ou não, saiba que uma boa dose de paciência se faz necessário para você desfrutar dessa bela cidade chamada The Magic City. 

Welcome to Miami!

Thursday, February 1, 2018

Geração millenials e o carro autônomo. O que dizem eles?

Certos termos se alastram pelo mundo, que muitas das vezes ficamos sem saber a origem. Só sabemos de uma coisa, todos falam e tem um impacto mundial. 
Uma das terminologias mais adotadas no mercado mundial nos últimos anos, é a geração millenium ou millenials como falamos em inglês.

Acontece que ninguém sabe direito como nasceu, quem criou ou quem apostou nesse termo.
O que se sabe é que os millenials, que inicialmente eram conhecidos como geração Y por seguir a geração X, iniciou nos anos 80 até meio dos anos 90.
E porque da atenção ao millenials se ainda existe outras gerações como os baby boomers que faço parte ainda viva?
Porque a vida útil econômica dos millenials é bem maior do que as baby boomers.
Isto posto, o mundo todo, principalmente o que se relaciona a tecnologia, é voltada aos millenials até mesmo porque os baby boomers tem dificuldade e muitas das vezes aversão a tecnologia.
Transportando esse comportamento e tendência para o mercado de carro elétrico autônomo que ainda assusta muita gente, eu inclusive, os jovens estão cada vez mais aderindo um futuro que já é presente com smart phone, computador e tudo que a tecnologia coloca nas mãos deles.
Segundo pesquisa publicada no blog Lendedu.com, a postura dos millenials em relação aos carros autônomos é muitíssimo interessante.
20.8% acredita que em não mais de 20 anos, não haverá necessidade de ter um carro.
11.6% dos que possuem carro já usaram Uber.
33.5% dos que possuem carro, acreditam que carro é um símbolo de status. 
42.5% dos que possuem carro regular, trocariam para carro autônomo.
16.6% dos que possuem carro dizem que aplicativos como Uber e Lyft fazem eles repensarem sobre ter ou não carro.
50.1 % dos que possuem carro dizem preferir comprar um carro elétrico (green car) do que um carro tradicional.
Hoje quando vamos a uma loja de carro Tesla em qualquer lugar aqui nos Estados Unidos que disparado é o preferido dos millenials, o clima de euforia e de tráfego do público interessado em conhecer essa revolução técnológica, é quase o mesmo vibe que você experimenta em uma loja da Apple.
Não sou profeta. Mas acredito que assim como o smart phone que foi lançado há um pouco mais de 10 atrás, eu mesmo não nego tive uma certa resistência, o carro autônomo irá com o passar do tempo, fazer com que venhamos nos fazer a mesma pergunta:
Como podemos ter vivido tanto tempo sem ele?

Friday, January 26, 2018

Brasil é o terceiro aplicante no visto de investidor EB-5

Lula condenado a 12 anos de prisão. No dia seguinte em uma atitude que não tenho nem adjetivos para qualificar, ele  se lança a pré-candidato para presidente do Brasil. 

Muitos apoiam e comemoram tal atitude. Alguns artistas se unem em campanha falando da inocência dele.

Muitos perguntam quando ele vai ser preso? Outros perguntam, se vai ser preso?

Daqui de longe, ainda sente-se uma insegurança no sistema judiciário brasileiro com tudo que tem acontecido nos últimos anos e a quantidade de gente presa.

Você tem dinheiro e quer sair do Brasil. O que fazer?

A matéria anterior que foi publicada ontem, foi sobre o possível aumento do valor de investimento para o visto de investidor EB-5.

Logo após publicação tomamos conhecimento que o Brasil hoje segundo fontes, é o terceiro maior aplicante dessa categoria de visto, atrás só da China que é o primeiro com 7.500 pedidos e o Vietnam com 471 aplicantes.

Da maioria dos brasileiros que aplicam o visto EB-5 na busca do cobiçado Green Card, o estado da Flórida é o escolhido para a moradia.

Como sempre, as cidades de Miami, dentre outras no Sul da Flórida, Orlando e Tampa, são as preferidas.

Para aqueles que nos conhecem e sabem que baseado no que temos visto desde 1991 com os brasileiros abrindo empresas em busca da residência, somos grandes defensores do visto EB-5; inclusive temos no nosso Canal de Consultoria eNegócio um vídeo chamado Visto EB-5. É a melhor opção para quem tem dinheiro?

Devido ao desconhecimento e informações distorcidas que chegam no Brasil, muitos brasileiros que querem aplicar para o EB-5, não sabem escolher o projeto certo.

Saiba que existem diversos projetos em vários estados americanos e cabe você com a melhor assessoria, escolher o projeto que corresponda as suas expectativas.

Você querendo nossa opinião sobre esse assunto, não hesite em nos contatar através sdo website da Moriah International, Inc

Thursday, January 25, 2018

O visto de imigrante investidor EB-5 pode mudar o valor!

Agora que o brasileiro está começando a entender o quão bom e seguro é o visto de imigrante EB-5, no projeto certo, o governo americano tem cogitado aumentar o valor de US$ 500 mil dólares para US$ 1.300.000,00 dólares.  Não tem como negar, um aumento substancial!

A imigração americana estipulou um prazo já para o mês que vem, ou seja, fevereiro de 2018. E a intenção já foi apresentada no na agência do governo chamada Office of Information and Regulatory Affairs. 

Se o  Congresso americano irá aprovar ou não, ninguém sabe. Particularmente, não acredito que será uma disputa muito fácil pelos interessados nessa majoração de valores.

É sabido que o impacto econômico dos que aplicam o EB-5, de um modo geral passa de US$ 1 milhão de dólares com o passar dos anos, quando não já na chegada da família. 

Muitos chegam já comprando casas, carros, colocando os filhos nas universidades, uma vez que os filhos solteiros menores de 21 anos qualificam, recebem e influenciam amigos, enfim, o impacto econômico é muito forte.

Você brasileiro que por motivos diversos nunca acreditou no EB-5, se vier a dobrar o valor, agora você vai acreditar.

Você começará ver com clareza que o EB-5 não era tão ruim e tão caro como inicialmente você pensava ou falaram! 

Você ou já escutou ou começará a escutar histórias de brasileiros que chegaram aqui, compraram imóveis muito mais caros do que US$ 500 mil dólares, abriram empresas com o objetivo de obter a residência, investiram muito mais e não conseguiram o cobiçado Green Card.

É a mesma coisa quando queremos comprar uma coisa ou vender alguma coisa. Muitas das vezes nos agarramos nos trocados, fazemos o jogo, e perdemos a oportunidade. Depois bate aquele arrependimento.



Acredito que será a mesma coisa. Conheço vários brasileiros que querem vir para cá, tem essa possibilidade, tem dinheiro mas por motivos que desconheço, resistência total ao EB-5.

Quando vejo esse tipo de comportamento, não tenho como não perguntar: quem você ou eles estão escutando?

Se você deseja maiores informações sobre o EB-5, não hesite em nos contatar através do website Moriah International, Inc

Tuesday, January 23, 2018

Tesla inaugura loja em Coral Gables na Flórida.

Com a presença de centenas de convidados, celebridades, políticos,  entusiastas locais e a diretoria da fábrica, a poderosa TESLA inaugurou mais uma loja junto com o service center, na glamurosa Cidade de Coral Gables no último dia 18. 

Estratégicamente localizada, a  loja junto com a oficina ocupará alguns andares de um belo prédio em uma das principais ruas de acesso da cidade.

A curiosiodade e empolgação com os carros são uma constante sempre que existe agrupamento.

Chega ser muito curioso a reação das pessoas checando o painel e avanços tecnológicos dos carros Tesla.

Muitos vendo pela primeira vez, o que o futuro que já chegou, nos traz quanto ao carro autonômo. E como sabido aqui nos Estados Unidos, uma indústria que só tende a crescer e não tem mais volta.

Na ocasião exposto no salão o modelo S  e o modelo X  que é a SUV.

Aos que não sabem, o modelo X é considerado a  SUV mais segura já fabricada no mundo, que como sempre é o carro que mais rouba a atenção pelas portas Falcon Wing Doors. Vale a pena clicar no link!

Ao lado, esse blogger Richard Sanchez junto com Jesus Rosell, visionário CEO da Tesaut Corp, uma startup de locação de automóveis só com os carros TESLA que promete sacudir o mercado devido ao agressivo plano de negócio.

Devido ao tamanho do projeto, a Tesaut  fora negociações com grupos americanos, também já está negociando com alguns grupos brasileiros, mas extende essa oportunidade ímpar a outros interessados que queiram expandir seus negócios no território americano. Qualquer contato com a mesma, através do website. 

Wednesday, January 17, 2018

A gigante Walmart fechando 63 Sam’s Club, como é isso?


Para quem não acredita, é verdade.

Uma das marcas que se estabeleceu como ícone do varejo americano, com milhares de lojas espalhadas não só nos Estados Unidos, mas como no mundo, surpreendeu o mercado, anunciando que está fechando 63 Sam’s Club em 2018.

Aos que não sabem, o Sam’s Club é o braço comercial que vende em maior quantidadeou atacado como preferir,  como o Makro no Brasil.

Se rendendo ao mercado on line, entenda até mesmo parte da concorrência com o Amazon, o Sam’s Club irá demitir milhares de trabalhadores.

Apenas 10 das lojas que serão fechadas, se tornarão centro de distribuição e apoio das lojas on line.

Você brasileiro que pensa em vir para os Estados Unidos, abrir loja para “justificar” o seu visto de residencia, caso decida por uma loja seja lá qual for a atividade, nunca mas nunca esqueça o investimento na loja virtual e marketing na rede social de maneira agressiva.

Se você seguir quem  te orienta ao contrário, saiba que o risco será muito grande. 

Se você seguir quem diz que é fácil, nunca esqueça os dizeres do post anexo.

Thursday, January 11, 2018

Você morreu em um acidente de trabalho nos Estados Unidos. Existe lei?

Se você está ligado e acompanhando no YouTube o que vários brasileiros fazem por aqui, pasme você, muitos dizem que não existe lei trabalhista nos Estados Unidos. 

Leia de novo. Muitos dizem que não existe lei trabalhista nos Estados Unidos? Será mesmo? 

Então porque existe o Ministério do Trabalho? O que é a foto ao lado? 

Vamos levar ao extremo. Você morre em algum acidente de trabalho. Como fica? Opa! Agora tem lei?!

Saiba você que segundo o U.S. Bureau de Labor Statistics que é conhecido com BLS que fornece todas as estatísticas do mercado de trabalho, pelo terceiro ano consecutivo, a fatalidade em local do trabalho aumentou 7% em 2016, lamentavelmente contabilizando 5.190 mortes. 



Aí pergunto à você: será que não existe nenhuma lei trabalhista que proteja a família da vítima? 

Na minha opinião, o acidente será examinado e analisado perante a lei trabalhista em vigor, principalmente em relação a indústria que houve a fatalidade.  

Saiba você que a lei trabalhista aqui nos Estados Unidos por um lado é mais severa e sensível do que a lei brasileira.

 Se você não acredita, só perguntar a qualquer empregador que já teve problemas com a mesma e tire suas conclusões.

Aí você pergunta: como fazer então? Conheça seus direitos e deveres como empregador e empregado. Simples assim!

Se você acredita em Papai Noel, continue acreditando nos que dizem que não existe lei trabalhista! 

Vindo para Miami, Orlando, ou qualquer outra cidade na Flórida, abrindo a sua sonhada empresa, tome cuidado com lhe disser que não existe lei trabalhista.