Friday, November 21, 2014

O dólar subiu e quero vender meu imóvel em Miami. Como faço?

Pela primeira vez estaremos repetindo uma matéria em dois blogs. Como o blogger é o mesmo, não existe nenhum problema. 

Mas porque a repetição da matéria? Porque nem todo mundo que acessa o Direto dos USA, acessa o das compra de imóveis na Flórida e vice-versa. E como o tópico da disparada do dólar tem sido uma constante, e as consultas também, nosso objetivo e educar os brasileiros que sonham em comprar um imóvel nos Estados Unidos.

Que a flutuação do dólar está assustando a muitos brasileiros que compraram apartamentos ou casas em Miami ou em Orlando, não se discute. Para quem comprou na baixa e ver agora uma disparada no dólar, é assustador.  

Mas como fazer caso queira vender meu imóvel? Se você comprou um imóvel aqui na Flórida ou em qualquer lugar nos Estados Unidos, sendo você não residente, algumas tratativas fiscais e tributárias serão aplicadas na negociação. 

A lei do Imposto de Renda americano diz que quando um estrangeiro vende um imóvel, ele está sujeito a uma taxação de 10% do valor do imóvel. Essa cobrança é baseada na lei chamada FIRPTA – Foreign Investment in Real Property Tax Act. Esses 10% terão que ser remetido ao Imposto de Renda em no máximo 20 dias após a escritura de venda. 

Acontece que como quase como toda regra tem exceção, a lei do FIRPTA não poderia ser diferente. 

Se o valor de vendas do imóvel for menos de US$ 300 mil dólares, o vendedor “pode” ser isento desses 10%. Mesmo assim o comprador terá que comprovar uma ocupação de mais de 50% durante um prazo determinado e esse comprador terá que assinar alguns documentos se comprometendo junto ao Imposto de Renda. É viável a isenção mas não tão simples.

Mas se o valor de vendas for maior do que US$ 300 mil dólares, não tem jeito. O vendedor pagará os 10%.

Como o objetivo desse blog é dar algumas dicas para chamar a sua atenção, sugerimos consultar seu advogado imobiliário ou corretor de imóveis.

Monday, November 3, 2014

Que horas são em Miami? em Orlando? em Los Angeles?

Acabou o horário de verão nos Estados Unidos. 

Muitas vezes você já quis ligar para os Estados Unidos e não teve a menor idéia de que horas eram aqui na Terra do Tio Sam?

Da costa leste americana, chega uma diferença de 3 horas por causa do fuso. E na região central? Para você saber com exatidão a hora oficial americana é só consultar http://www.time.gov 

Estando o Brasil sempre na frente do fuso, com certeza você não correrá o risco de acordar ninguém com seu telefonema; fazendo a devida consulta ao site do governo, ainda mais se seu amigo estiver na costa oeste porque a diferença fica 6 horas atrás do Brasil.