Friday, October 21, 2011

Governador da Flórida chega ao Brasil.

O Governador da Flórida, Rick Scott, com uma delegação de quase 200 pessoas entre politicos, empresários e funcionários do governo, chegam no Brasil hoje para um semana de viagem de negócios.

Como sabido, o Brasil é o maior parceiro comercial da Flórida e a maior economia da América do Sul.

Segundo a Enterprise Florida que é o braço de desenvolvimento econômico do estado, a Flórida exportou em 2010 US$ 13.7 bilhões de dólares para o Brasil, sendo a maior concentração na área de Aviação, helicópteros, aviões, motores e peças.

O Governador Rick Scott irá primeiro ao Rio de Janeiro onde visitará o evento da ABAV que acontece no Rio Centro. Os brasileiros são considerados o segundo país que mais visita à Flórida depois dos ingleses. Do RJ, a comitiva seguirá para São Paulo onde passará maior parte do tempo. Já em SP haverá um café-da-manhã com o staff da Embaixada dos Estados Unidos, um evento de networking na AMCHAM e o Florida Trade Expo.

Curioso que pela força econômica brasileira no estado, hoje o Brasil é considerado a China para a Flórida pelo Enterprise Florida, que é o órgão estadual de desenvolvimento de negócios internacionais e trading.


Friday, October 14, 2011

BMA - Brazilian Marketing Annex tem “full house” na última terça-feira em Miami

 Nesse último dia 11 de outubro, o concorrido café-da-manhã do BMA - Brazilian Marketing Annex na cidade do Doral, esteve supr concorrido, com full house com a presença de dezenas de empresários e políticos locais. O BMA - Brazilian Marketing Annex é um "anexo" da Câmara de Comércio do Doral. Favor visitar www.doralchamber.com.       

O palestrante da vez, foi Bill Johnson, Diretor do Porto de Miami dentre outros funções que exerce no Condado de Miami Dade e ao redor dos Estados Unidos no segmento portuário.

Com bastante entusiasmo, o Bill Johnson falou sobre o impacto do comércio internacional na cidade de Miami e nos Estado da Flórida.

Contou a história da sua administração, suas viagens pelo mundo vendendo o Porto de Miami e como milhões de dólares em investimento, irão converter em bilhões de dólares e milhares de empregos diretos e indiretos. Como por exemplo, a construção do túnel de acesso ao porto e o calado de 15 metros que permitirá o acesso dos maiores cargueiros do mundo.


Hoje o Porto de Miami é líder no estado da Flórida e um dos de maiores movimentação de containers dos Estados Unidos. O Porto de Miami ainda tem mantido na administração de Bill Johnson a liderança mundial de passageiros de cruzeiro marítmo. 

É animador conhecer e ter a oportunidade de escutar pessoas, que ainda acreditam na força do trabalho e acreditam nos conceitos morais e de integridade para chegar a um resultado.

É animado conhecer pessoas que conseguem reverter a história deficitária de um grande empreendimento simplesmente tomando as decisões certas, não se incomodando com aqueles que não querem sair da zona de conforto e só querem “mamar na teta” do governo, seja local, estadual ou federal. Parabéns pelo exemplo Mr. Bill Johnson!

Fica a pergunta: porque os outros não fazem?

Thursday, October 13, 2011

Mr. Donald Trump compra Doral Resort na cidade do Doral na Flórida

Você pode até não gostar dele, de repente nem gosta do topete… mas não tem como negar, Mr. Trump é um mover and shaker. E por onde ele passa, cria um impacto econômico. Isso é um fato. 


Por US$ 170 milhões de dólares a Trump Organization que por ele é comandada, está comprando o Doral Resort & Spa que foi construido em 1962 em 650 acres de terra.

Hoje o Doral Resort & Spa abriga 5 campos de golfes com campeonatos nacionais e internacionais. O campo de golfe que carrega o nome do Tubarão Branco (White Shark) não entrou no negócio; e nele que é realizado o campeonato Blue Monster.

Mr. Trump com seu toque de Midas, prentende ainda investir US$ 150 milhões de dólares renovando os 693 quartos do resort que entrou em estado de falência no início de 2011.

Se você pensa em abrir uma empresa e/ou morar em Miami, considere a área do Doral que fica bem à oeste pertinho do aeroporto. É a melhor área para o comércio internacional no Sul da Flórida. Isso também é fato.

Com certeza a valorização imobiliária irá acontecer. E para nós que já moramos e empresariamos no Doral, só temos a dizer: Welcome Mr. Trump! 

Friday, October 7, 2011

Steve Jobs, o grande sonhador. Você sonha? Porque não? Siga seu instinto!

O mundo perdeu essa semana um dos maiores gênios que já existiu. Um homem que escreveu seu nome na história e mudou a maneira que todos nós escutamos música, falamos ao telefone, assistimos filme, operamos nosso computador, enfim, um homem que influenciou à todos que tem acesso a tecnologia. 

Steven Paul Jobs morreu aos 56 anos. A imprensa está escrevendo merecidamente muito sobre os seus feitos e conquistas. Decidimos escrever sobre o Steve Jobs o grande sonhador. 

Se checarmos a história inicial da Apple, na famosa garagem na Califórnia, iremos deparar com algumas histórias interessantes. Eram 3 amigos, um era o grande sonhador e os outros dois? O que aconteceu? 

Quando Steve Jobs juntou com um outro sonhador, menos que ele mas também muito sonhador chamado Steve Wozniak (na foto sentado), eles acharam necessário convidar alguém com mais experiência não só de vida mas também com experiência profissional.

Ron Wayne foi convidado para ser o terceiro na fundação da Apple Computers mas o mesmo achou o projeto muito revolucionário e vendeu os 10% das acões por US$ 2,300.00 duas semanas depois de iniciar a empresa. Hoje essas ações estariam valendo US$ 35 bilhões de dólares e Mr. Wayne, o experiente, já escutou essa história? Já escutou esse discurso?!... está amargando um final de vida não muito nobre.

Mas o que podemos aprender com tudo isso que Steve Jobs fez, passou e nos ensinou?

Você já parou para pensar a quantidade de críticas? A quantidade de não? A quantidade de obstáculos que o Steve Jobs teve que transpassar pelas suas idéias revolucionárias? A quantidade de sapos que teve que engolir por causa dos seus sonhos? Você teria coragem e perseverança nos seus sonhos? Think different, pensar diferente como ele fazia, não é fácil.

Sonhar é muito bom mas é muito arriscado. Você não agrada à todos quando sonha alto.

A bíblia mesmo relata no livro de Gênesis capitulo 37, na riquíssima história de José, que o que o colocou em muitos problemas, foi o grande sonho que teve. Foi traído pelos irmãos, foi repreendido pelo próprio pai Jacó por sonhar, e os outros quando o viam, diziam: Vêm lá o tal sonhador, como mencionado no versículo 19. Mas no final José saiu vencedor. Para os que não conhecem, vale a pena ler o texto.

Muitas das vezes sonhamos, visualizamos a jornada e conseguimos ver o destino final. Mas aqueles que nos cercam com críticas e opiniões contrárias não. E muitas das vezes não realizamos nossos sonhos por causa dos outros.

Assim como o Jobs, chega momentos na vida que temos que nos desvencilhar das amarras e seguir nosso curso de vida na visão que DEUS colocou no nosso coração. Na maioria das vezes a visão é exclusiva só para nós, e não para os outros, daí o conflito. E a experiência tem mostrado que nem todos tem que participar do seu sucesso!

Como grandes sonhadores que somos, ainda mais negociando grandes projetos entre Brasil e Estados Unidos, temos aprendido que nem todo mundo irá acompanhar seus projetos ou sonhos com você. Isso passa ser uma questão de escolha.
                                                              
Também temos aprendido que nem todo mundo deve acompanhar seus projetos ou sonhos com você. Isso passa ser uma questão de habilidade.

E o que mais nos compromete e nos faz doer mais ainda, é quando existem laços ou de amizade ou sanguíneo...aprendemos que nem todo mundo pode acompanhar seus projetos ou sonho com você. Uma questão de potencial.

Napoleon Hill que é tido como um dos pais da auta-ajuda, diz no seu best seller Think and Grow Rich, que o que a mente pode conceber e acreditar, a mente pode alcançar. É uma afirmação poderosa para qualquer um que almeja o sucesso.

Assim como otimismo e entusiasmos são vitais para qualquer negócio ou projeto de vida, sabemos que as grandes conquistas e realizações começam com grandes sonhos. E quanto mais perseveramos nos grandes sonhos, acreditando, mais atraimos as pessoas certas para esses sonhos. 

E na perseverança e preparo, uma famosa definição americana de sucesso se aplica e diz o seguinte: sucesso é quando preparo encontra oportunidade.

Finalizando, se você acredita no seu sonho, que nem dizia o saudoso Steven Paul Jobs que nos inspirou esse artigo, pergunte quem caminhar com você: porque não? E siga seu instinto finaliza ele. 



Em tempo, qurendo deixar uma mensagem para o Steve, dizendo o que ele representou para você, pode enviar para rememberingsteve@apple.com