Monday, May 26, 2014

Hoje é Memorial Day aqui nos Estados Unidos. O imigrante lembra de que?

Muito confundido com o Veterans Day, o dias dos Veteranos de Guerra que é para homenagear todas os que já serviram nas forças armadas americanas; o Memorial Day é para todos aqueles das forças armadas que morreram servindo esse grande país. 
Talvez não faça sentido para você que está lendo esse post. Mas se eu estou escrevendo e você está lendo, chances são porque um jovem, um pai de família, um marido, ou filho morreu para que nós pudéssemos ter liberdade.
Muitos encaram esse feriado nacional como simplesmente a abertura do verão americano. Literalmente falando não estão “nem aí” para a dor das famílias destruídas que ficam. Nos entristece muito o coração ver principalmente os imigrantes, muitos brasileiros inclusos, virem para cá e tirar só vantagens da terra e não querer construir nada para a comunidade. Demonstram total desrespeito para com o país! 

Para os que nunca prestaram atenção ou nunca foram informados, registramos aqui uma coisa que logo confirmamos quando aqui chegamos em 1991: Liberdade não é de graça! E não existe maior sacrifício do que dar a própria vida por um país, por um ideal. Se você não acredita, vá visitar o Cemitério Militar de Arlington em Virginia, bem pertinho de Washington, D.C. Costumamos dizer que esse cemitério deveria ser passagem obrigatória para o mundo inteiro ver, principalmente para todos que residem nesse país, quanto custa a liberdade, quanto custa a democracia. Aqui você aprende que democracia vai além dos votos!
Esse blogger confessa: eu não faria por eles o que eles fazem por mim. E acredito que você também não faria.
Você se vê no deserto agora, no total desconforto, sem saber quando vai voltar para casa, arriscando a sua vida por uma pessoa que não conhece? Por um sistema político que questiona? Acredito que não! Por isso o meu eterno respeito e eterna gratidão, e passo esse sentimento para meu filho que é americano nato. Tive a oportunidade de anos atrás visitando Arlington, falar mais ainda como tenho falado e ensinado, nunca deixar de dar valor a esse sacrífico pela liberdade.
Nossa pequena homenagem nesse belo vídeo abaixo. Escute a música de fundo, preste atenção nas imagens e se coloque no lugar dos familiares e amigos. Se o seu coração não estiver apertado até o minuto 4:40, talvez o tradicional toque do silêncio mexa com você. Veja também a partir do minuto 5:45 o histórico das guerras. Liberdade não é de graça!

No comments:

Post a Comment