Thursday, December 13, 2012

Macy’s aberta direto 65 horas? Como é isso?

Acredite se quiser mas as lojas Macy’s, uma das melhores lojas e cobiçadíssima pelos brasileiros que compram nos Estados Unidos, ficarão abertas por 65 horas na maioria das cidades americanas no último final de semana antes do Natal! Isso mesmo 65 horas direto!

Como Miami é parada obrigatória dos brasileiros, não poderia ser diferente. A cidade foi incluida nessa estratégia de promoção de final de ano.

A primeira experiência de 24 horas foi realizada em 2006 em Nova York, onde a famosa parada de Thanksgiving da lojas Macy’s já é uma tradição americana televisada para todo país e para vários lugares do mundo.

Do dia 21 de dezembro até meia noite do dia 23, inclusive haverá dentro dessas 65 horas, 48 horas de promoção especiais.

Quando vemos uma postura comercial com tal agressividade, confirmamos o que sempre mencionamos nos nossos seminários e projetos de distribuição comercial. A competição americana é predadora.

A cada dia que passa nós vemos através dos websites, social media, trade-shows, Black Friday, Cyber Monday, enfim, uma quantidade de estratégias que são desenvolvidas para atender consumidor americano, seja essa compra por impulso ou não, tenha arrependimento de ter comprado logo depois ou não. Pesquisas mostram que um grande percentual se arrepende e pior, não tem como pagar o que comprou!

Se o empresário brasileiro vier para cá sonhando em competir desse mercado super selvagem, e trazer na bagagem uma mentalidade acanhada; nosso conselho, não venha porque quase todas atividades e segmentos possuem a mesma agressividade comercial e empresarial. Nesse mais de 20 anos negociando nos States e assessorando muita empresa brasileira, e vendo "muita coisa", não hesitamos em dar esse conselho.

Como escrevemos nesse próprio blog no ano passado durante o Thanksgiving. A farinha é pouca meu pirão primeiro. E é isso que os lojistas querem, que você gaste tudo nas lojas deles e não sobre nada para a concorrência.

No comments:

Post a Comment