Thursday, February 1, 2018

Geração millenials e o carro autônomo. O que dizem eles?

Certos termos se alastram pelo mundo, que muitas das vezes ficamos sem saber a origem. Só sabemos de uma coisa, todos falam e tem um impacto mundial. 
Uma das terminologias mais adotadas no mercado mundial nos últimos anos, é a geração millenium ou millenials como falamos em inglês.

Acontece que ninguém sabe direito como nasceu, quem criou ou quem apostou nesse termo.
O que se sabe é que os millenials, que inicialmente eram conhecidos como geração Y por seguir a geração X, iniciou nos anos 80 até meio dos anos 90.
E porque da atenção ao millenials se ainda existe outras gerações como os baby boomers que faço parte ainda viva?
Porque a vida útil econômica dos millenials é bem maior do que as baby boomers.
Isto posto, o mundo todo, principalmente o que se relaciona a tecnologia, é voltada aos millenials até mesmo porque os baby boomers tem dificuldade e muitas das vezes aversão a tecnologia.
Transportando esse comportamento e tendência para o mercado de carro elétrico autônomo que ainda assusta muita gente, eu inclusive, os jovens estão cada vez mais aderindo um futuro que já é presente com smart phone, computador e tudo que a tecnologia coloca nas mãos deles.
Segundo pesquisa publicada no blog Lendedu.com, a postura dos millenials em relação aos carros autônomos é muitíssimo interessante.
20.8% acredita que em não mais de 20 anos, não haverá necessidade de ter um carro.
11.6% dos que possuem carro já usaram Uber.
33.5% dos que possuem carro, acreditam que carro é um símbolo de status. 
42.5% dos que possuem carro regular, trocariam para carro autônomo.
16.6% dos que possuem carro dizem que aplicativos como Uber e Lyft fazem eles repensarem sobre ter ou não carro.
50.1 % dos que possuem carro dizem preferir comprar um carro elétrico (green car) do que um carro tradicional.
Hoje quando vamos a uma loja de carro Tesla em qualquer lugar aqui nos Estados Unidos que disparado é o preferido dos millenials, o clima de euforia e de tráfego do público interessado em conhecer essa revolução técnológica, é quase o mesmo vibe que você experimenta em uma loja da Apple.
Não sou profeta. Mas acredito que assim como o smart phone que foi lançado há um pouco mais de 10 atrás, eu mesmo não nego tive uma certa resistência, o carro autônomo irá com o passar do tempo, fazer com que venhamos nos fazer a mesma pergunta:
Como podemos ter vivido tanto tempo sem ele?

No comments:

Post a Comment