Wednesday, June 14, 2017

Abrir loja nos EUA ou aplicar o visto de investidor EB-5? Qual o melhor?

Você diz que o Brasil está violento e que a economia está insuportável. Você sonha em morar nos Estados Unidos. Você sonha em mudar para Miami, Orlando ou qualquer outra cidade na Flórida ou até mesmo encarar o frio de Nova York.

Você tem recursos, idade avançada e sabe que a maneira mais certa de tirar seu visto e ajustar a família, é abrindo uma empresa própria.  

Se você for empresário no Brasil, dependendo do seu porte e lastro, você pode abrir uma filial ou até mesmo uma outra atividade, e ser qualificado pela imigração. Em mêses, você e sua família conseguem o sonhado visto de residência.

Você pesquisa e decide abrir uma loja! WOW! Uma loja...

Aí você pergunta: qual o problema?

Amigo, na nossa opinião e de acordo com nossa experiência, abrir uma loja hoje nos Estados Unidos dependendo da atividade, a cada dia que passa, dependendo da natureza do negócio, é um risco muito grande, seja franquia ou não.

Por exemplo, muitas marcas pedindo concordata e fechando centenas de lojas até o final desse ano. Algumas que acreditamos ser conhecidas dos brasileiros:

  • Bebe – fecharam todas!
  • JC Penney – fechando 138 lojas até agosto
  • Gymboree – roupa de criança fechando 375 lojas de 375.
  • Macys – fechando mais de 100 lojas das 650.
  • Payless Shoes – sapatos muito baratos. Fechando 400 lojas dentro dos Estados Unidos de 4.000 da sua rede mundial.
  • Radio Shack – eletrônicos. Pediu concordata em 2015 mas não aguentou. Está fechando todas as lojas.
  • Sears and Kmart – fecharam mais de 100.

E por aí vai? O grande concorrente? A compra pela internet. É dito que o Amazon é um dos grande responsáveis por esse ataque fulminante no varejo americano.

Pesquisa do Credit Suisse diz que nos próximos 5 anos, de 20 a 25% dos shoppings americanos irão fechar! Uma das perguntas que não quer se calar é a seguinte: o que será feito com tanto espaço?

Voltando para a nossa realidade, quando você abre uma empresa ou uma loja e se preparara para o cobiçado green card, você terá que mostrar crescimento. Você terá que investir muito dinheiro.

Você terá que contratar e manter funcionários na folha de pagamento por muito tempo para provar a imigração, que seu negócio é viável e que você junto com sua família são merecedores do green card.

Acontece que muitos com objetivo de “comprar” a residência definitiva, investem mais do que devem. Isso é fato!

Muitas das vezes, muito mais do que US$ 500 mil dólares... podem acreditar!

Como podemos ver, o risco é muito grande. Fracassam e acabam voltando para o Brasil; acabando assim com o sonho americano. É uma triste realidade que acontece com muito mais frequência do que você pode imaginar.

Mas qual a solução então, pergunta você?

Na nossa opinião e experiência, a saída mais segura é o visto de investidor chamado EB-5, onde você investe US$ 500 mil dólares em um projeto sério, mesmo como cotista, e em 2 anos você, seu conjuge e filhos menores de 21 anos, terão o green card. Mais uma vez, no nosso entendimento é super seguro.

Depois você de posse do green card, como uma carta de alforria, você está livre para fazer o que bem entender.

Pesquise e pense. Querendo um contato conosco, podemos passar nossa experiência.  Só clicar no link www.moriahinternational.com para contato.

No comments:

Post a Comment